Pessoas, processos e tecnologias: Pilares para uma gestão eficiente

Você sabe quais são os pilares para uma gestão eficiente? Se você não entende nada ou quer saber mais do assunto, esse conteúdo foi feito especialmente para te ajudar a compreender como pessoas, processos e tecnologias são importantes para a gestão. 

E então, quer ficar por dentro do tema do nosso artigo? Siga com a leitura e veja se a sua instituição de saúde valoriza os pilares da gestão eficiente! 

Por que pessoas, processos e tecnologias são importantes para uma gestão eficiente? 

Toda empresa, seja ela de saúde ou não, precisa de pessoas, tem processos para serem executados e contam com tecnologias para que se tornem mais eficientes no mercado. Pessoas, processos e tecnologias são os pilares de qualquer instituição, principalmente de saúde. 

Além disso, quando a gente diz que é importante motivar os profissionais, principalmente os de saúde, isso significa que eles precisam se sentir felizes para integrar de verdade as equipes. 

Assim, desta forma, eles serão uma parte importante do hospital, da operadora de plano de saúde ou da clínica médica. Outro detalhe, é que com uma boa equipe de colaboradores, você oferece capacitações para que as pessoas consigam trabalhar com eficiência. 

Portanto, buscar a melhoria contínua também colabora para o melhor uso da tecnologia, pois as soluções tecnológicas auxiliam os profissionais a executarem as suas tarefas e fornecem as ferramentas necessárias para que eles se organizem e compartilhem as informações de forma estratégica. 

Qual é a importância das pessoas na instituição de saúde? 

Cada pessoa tem algo a ensinar para cada membro de uma equipe. Mesmo sendo um profissional que acabou de chegar ao mercado, ele consegue absorver experiências e identificar detalhes que podem ajudar em situações difíceis.

No entanto, as pessoas que compõem o quadro de um hospital, por exemplo, devem ter vontade de buscar resultados e solucionar problemas. Também devem ser qualificadas para o cargo que exercem. 

Entretanto, quando processos e tecnologias falham, as pessoas é que contornam as adversidades e garantem que tudo será realizado como se deve.

Por que falamos que processos internos são como mapas?

Os processos internos são como mapas, porque funcionam como um conjunto de atividades que ajudam a instituição de saúde chegar até um objetivo. Além disso, eles são considerados ações contínuas, pois os procedimentos são recorrentes. 

No entanto, o maior objetivo dos processos internos é ajudar a atividade interna e evitar um possível retrabalho e desperdício de tempo ou de recursos. Em outras palavras, eles melhoram a produtividade das equipes de saúde. 

Por que a tecnologia é importante para a organização? 

A tecnologia agiliza o trabalho das equipes, principalmente as de saúde. Com um sistema integrado, você facilita a vida de funcionários que precisam ter acesso a diversos tipos de documentos, e de pacientes que necessitam ser atendidos com rapidez e segurança. 

Outro detalhe é que de tempos em tempos as empresas, sejam elas de saúde ou não, precisam inovar. Assim, elas não perdem o seu espaço no mercado. 

Portanto, com a tecnologia, a instituição de saúde terá os mecanismos necessários, como os softwares, produtos e serviços que precisam para oferecer um serviço ágil e de qualidade. 

Mais um benefício da tecnologia é que ela torna o contexto da instituição de saúde importante, pois ajuda reduzir custos, controlar o estoque e o setor financeiro. 

Mas os benefícios da tecnologia não param. Ela também colabora para uma comunicação mais assertiva entre colaboradores e pacientes e a centralização de processos como os que são realizados pelo computador All in one. 

Ele auxilia a rotina dos funcionários das instituições, leva a tecnologia e a transformação digital para as empresas. 

O que acontece quando uma instituição de saúde não se preocupa com as pessoas, os processos e as soluções tecnológicas? 

Uma instituição de saúde não evolui e não tem uma gestão eficiente se ela não se preocupa com as pessoas, os processos e as soluções tecnológicas. Ou seja, ela não pode parar no “tempo”, é preciso evoluir.

Pois, entenda que processos bem definidos e estruturados e uma tecnologia certa são os principais elementos para sustentar qualquer instituição. 

Na contramão de tudo isso, as instituições “engessadas” não inovam e não se sustentam ao longo dos anos. Assim, elas são incapazes de ter uma visão melhor do futuro. 

Além disso, instituições engessadas têm equipes multidisciplinares problemáticas, ou seja, elas não conseguem trabalhar e dialogar entre si. 

Pois, muitas vezes, a deficiência que existe em não valorizar as pessoas, a otimização de processos e a transformação digital colaboram para um atendimento de saúde ineficiente. 

Também precisamos falar dos prejuízos financeiros que as instituições de saúde têm quando não investem em tecnologia. 

O acúmulo de papéis em setores que não há necessidade, a falta de produtividade das equipes e os gastos desnecessários prejudicam as instituições de saúde. 

Portanto, quem não se importar com as pessoas, com os processos e com as soluções tecnológicas não vai evoluir e prosperar como empresa ou instituição de saúde.

Como a Green ajuda na transformação digital das instituições?

A Green oferece várias soluções que ajudam na transformação digital de qualquer instituição de saúde. Veja as principais:  

SAME Digital 

O Serviço de Arquivo Médico e Estatística (SAME Digital) ajuda hospitais e outras Unidades de Saúde a oferecerem uma assistência médica de qualidade. Com este serviço, você agiliza seus processos e torna o dia a dia de profissionais e pacientes mais tranquilos. 

Prontuário Digital 

O Prontuário Digital transforma as informações da assistência dada ao paciente em documentos digitais. Isso acontece com a ajuda de um sistema que se integra ao da instituição de saúde com uma tecnologia voltada à gestão da saúde. 

Recepção Digital 

A recepção digital é outra solução da Green e uma inovação para os pacientes. Ela acelera os processos dentro da instituição de saúde, agiliza o atendimento ao paciente e evita a espera por uma consulta médica. 

Portanto, também é uma maneira da instituição valorizar e cuidar dos seus pacientes, oferecendo um atendimento de qualidade e com muito conforto. 

Como você viu neste conteúdo, a gestão eficiente precisa de pessoas, processos e tecnologia. Sem esses pilares é impossível a instituição de saúde sair na frente da concorrência e oferecer um serviço ágil e de qualidade. 

Gostou do conteúdo? Leia o nosso próximo post e aprenda um pouco mais sobre transformação digital!

 

Empresa parceira para Gestão Inteligente de Faturamento (GIF)

Com a empresa parceira da Green, sua instituição pode ter uma Gestão Inteligente de Faturamento (GIF), que irá revolucionar a gestão do ciclo de receita no seu hospital. 

Também conta com uma plataforma inteligente que realiza a análise crítica de contas médicas abertas e verifica se todos os procedimentos do atendimento ao paciente foram cobrados adequadamente. 

;